TwitterYou Tube Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Artigos

31/10/2017

Categoria unida garante Soberania contra o Patronato

 

MAIS UMA INVESTIDA PATRONAL CONTRA A CATEGORIA COMERCIÁRIA SEM SUCESSO.

O sistema neoliberal vem agindo sobre os trabalhadores (as) comerciários, numa forma mais rígida e rápida, com investida pesada contra a nossa categoria. Os grandes empresários no ramo de Farmácia tentam mais uma vez querem dividir a base, lançando um edital para criar um novo sindicato, “Sindicato das Farmácias”, edital publicado neste mês, como: “Comissão pró-fundação do Sindicato dos Trabalhadores em Drogaria, Farmácia e Distribuidoras de Produtos Farmacêuticos de Fortaleza”. Porém, devemos esclarecer que o Estatuto do Sindicato dos Comerciários de Fortaleza referir-se a uma variedade de normas jurídicas que estabelece e regular as relações política e social dos trabalhadores (as) comerciários, portanto, tem força de lei, e expressa a legitima representação legal deste segmento.

O Sindicato dos Comerciários de Fortaleza vem a público repudiar a forma irresponsável, sorrateira dos empresários na tentativa de fragmentar e dividir a nossa base. Reafirmamos que somos o verdadeiro e legítimo representante legal de todos os trabalhadores (as) que atuam no comércio. Portanto, a atitude desleal dos empresários reflete em um grupo de falsos sindicalistas, que irá certamente recuar nos seus direitos conquistado com muita luta há 84 anos. 

Como se não bastasse o retrocesso democrático do nosso país, retrocesso nos direitos trabalhistas e sociais promovido pelo atual desgoverno e acordado com essa conjuntura política neoliberal que o Brasil atravessa, sofremos outro golpe, a pedido do prefeito Roberto Cláudio a Câmara Municipal de Vereadores, aprovou a ESCRAVIDÃO NO COMÉRCIO, conhecida como PL 0342/2017, onde, determina o funcionamento do comércio da capital 24 horas por dia.

Mediante o exposto, queremos reforçar a luta e o compromisso com nossa base e a defesa dos princípios da entidade, ampliar os espaços de diálogos e construção coletiva de nossos direitos, combater toda e qualquer tentativa de desrespeito, desvalorização, fragmentação e fracionamento da categoria, além de qualquer ataque aos nossos direitos, seja pelo governo, pela gestão local, empresários, lojistas ou apenas opositores políticos.

Informamos que a referida assembleia prevista para acontecer no último sábado, 28/10, não ocorreu, o Sindicato dos Comerciários de Fortaleza entrou com pedido de liminar barrando mais essa investida patronal. Os oficiais de justiça chegaram ao local com a liminar objetivando  o processo judicial e garantindo o efetivo direitos dos trabalhadores. (as).

Fiquem atentos!  Não permita que a categoria seja dividida, não deixe ser enganados!  

Última atualização: 31/10/2017 às 16:47:19
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

   (85)  3455-7100 / (Fax) 3455-7124 falecom@sindcomerciarios.org.br
  Copyright © 1933-2017 - Todos os direitos reservados www.igenio.com.br