TwitterYou Tube Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Artigos

28/06/2018
TV CULTURA

Coletivo de Mulheres Comerciárias repudia tratamento dado à Manuela D’Ávila no Roda Viva

 



O Coletivo de Mulheres Comerciárias do Sindicato dos Comerciários de Fortaleza se solidariza com a pré-candidata à Presidência da República pelo PCdoB, Manuela D’Ávila, ao mesmo tempo em que repudia a atitude dos entrevistadores do programa Roda Viva (TV Cultura), da última segunda-feira, 25 de junho, por suas posturas visivelmente machistas e desrespeitosas.

Manuela foi a convidada do programa desta semana veiculado pela TV Cultura de São Paulo e chamou a atenção o comportamento dos entrevistadores que, a todo instante, expunham chavões ultraconservadores e anti-comunistas. Manuela foi interrompida 62 vezes em 75 minutos de programa, deixando claro que os entrevistadores não estavam dispostos a ouvir o que ela tinha a dizer. O outro pré-candidato que esteve no programa, Ciro Gomes (PDT), foi interrompido oito vezes no mesmo período.

O Coletivo de Mulheres Comerciárias acredita que se alguém se propõe a sabatinar uma pré-candidata à Presidência, espera-se que, pelo menos, escute o que ela tem a dizer. Além disso, uma emissora considerada educativa não deveria transformar um programa jornalístico e tradicional como o Roda Viva em uma armadilha ideológica, boicotando entrevistados por mera picuinha política. Diga-se de passagem, dois dos entrevistadores que mais interromperam Manuela eram assessores de outros dois pré-candidatos à Presidência.

O Roda Viva deu aos seus telespectadores uma verdadeira aula de machismo e desrespeito num episódio lamentável.  O Coletivo de Mulheres Comerciárias repudia esse acontecimento e cobra da emissora que cumpra seu papel de veículo público de comunicação, contribuindo para o amplo debate de ideias de forma qualificada e não compactue com atitudes machistas em rede nacional, principalmente em uma sociedade com altíssimos índices de violência contra a mulher.

O comportamento dos entrevistadores do Roda Viva não foi apenas desrespeito ou mera falta de educação. Impedir uma mulher de concluir seu raciocínio, menosprezando seus pontos de vista e tentando ridicularizar seus pensamentos também é uma forma de violência e dominação e nós repudiamos todos os tipos de violência contra a mulher.

Coletivo de Mulheres Comerciárias
 

Fonte: Sindcomerciários
Última atualização: 28/06/2018 às 19:50:02
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

   (85)  3455-7100 / (Fax) 3455-7124 falecom@sindcomerciarios.org.br
  Copyright © 1933-2018 - Todos os direitos reservados www.igenio.com.br